...and my simple place...

... Here the peace, lost thoughts and silence empire.
I guess you'll probably won't feel as if you were in home,
but I'm damn sure it's a quiet place to stay for a while and
rest reading the things I write. Once more, welcome to
my own place, a place found somewhere in my mind.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Fortuna

"A boa filha à casa torna" ( adaptação minha, para uma melhor adequação)
Eis-me aqui, novamente, depois de tanto tempo longe, voltando a postar.
Tem-me ocorrido esses dias o quão ausente eu estaria do mundo a minha volta...
A começar pelo simples descaso para com este blog.
Coisas que eu queria fazer e, por conseguinte, não as fiz;
ou porque queria e não podia, ou porque fora impedida quando
podia pela minha falta de interesse repentino. Tudo isso tem culpa
minha corriqueira correria desse semestre já que, basicamente, não
se teve muito tempo para se respirar entre as mais variadas tarefas dispendiosas.
Contudo, toda essa tempestade tardou, mas já a sinto ir embora de meu íntimo.
Finalmente posso ter uma quase-respiração decente, com um quê de alívio, por
assim dizer, ou talvez, de medo. Medo, dor, vergonha, angústia... Todos esses sentimentos que
nos fazem sangrar(conotativamente falando) por dentro, chorar em silêncio, e nos dar
a incrível sensação de estarmos vivos. É muito bom viver. Adoro minha vida e não abro mão
por nada. Esse post de hoje foi desencadeado por diversas razões, mas devo admitir que o impulso final foi a sorte de hoje do Orkut.

"Sorte de hoje: Se você nunca sentiu medo, vergonha ou dor, é porque nunca correu riscos."

Nada mais que certo nisso. Melhor correr riscos, vivendo, do que sempre calcular as possibilidades de um fracasso iminente e, com isso, morrer todos os dias.
Pensem nisso. Corro riscos, tenho medo de sofrer como todo mundo
e não tenho vergonha alguma de viver e ser feliz
como sou e pelo que represento àqueles que eu amo e que me amam verdadeiramente.


~* Keep flyin' and I'm back for one or another reason, really.

2 comentários:

Bruno disse...

Apenas complementando, é bom calcular as possibilidades de um fracasso como uma análise de risco preliminar, a fim de se correrem menos riscos sem, obviamente, deixar de agir. Conhecer os riscos é a melhor forma de evitá-los e atuar com perfeição. =*******

Yellow Butterfly disse...

Concordo com cada palavra dita, minha vida. ;)

=*******